13/07/12


          Olho para ti horas e horas, aprecio cada traço do teu rosto cada detalhe, toco neles na minha mente, contorno-o com a ponta dos meus dedos com delicadeza como se fosses um boneco de porcelana, delicado, sensível, como se ao simples toque tu te despedaçasses em pedaços quase invisíveis de tão pequenos que são. A tua beleza é enorme, fascinante como um raio de sol que entra pelo meu mundo e o preenche de brilho, cor, e o teu sorriso, quando o projectas ao mundo este sorri, é contagiante, viciante, funciona como uma orquestra em que tu és o maestro onde encantas o público, adoro acordar todas as manhãs, nos meus sonhos, ao teu lado, observo-te, vejo como te preparas para enfrentar o palco que é a vida, eu , sento-me na plateia da frente na esperança de reparares em mim e fazeres de mim o papel principal da tua vida.

1 comentário: