15/07/12


             O que fomos e no que nos tornamos... Realmente a vida dá com cada reviravolta, que por vezes nem nos apercebemos o que realmente mudou. É complicado não olhar para trás quando o que foi deixado fez tão parte de nós durante tanto tempo. É o nosso passado que nos torna naquilo que somos no presente e o nosso presente reflecte-se  no nosso futuro. Aprendemos e pomos em prática. É esta a sequência da vida. Aprendemos observando os outros e depois se correr bem aos outros mais tarde pomos nós em prática, ou então, ouvindo aqueles que já têm demasiada prática, esses sabem mais do que aparentam. Aquilo que aprendemos nem sempre é da melhor maneira, por vezes é preciso correr-mos riscos para aprendermos como deve de ser. Admito, a mim a vida assusta-me um pouco, vejo coisas que me arrependo de ter visto, ouço coisas que preferia não ouvir e digo coisas de que me arrependo mais tarde. É difícil evitar certas coisas. Arrependemos-nos sempre de qualquer coisa, pequena ou grande que ela seja arrependemos-nos sempre de a ter cometido.Os anos passam e cada vez mais devagar, as melhores fases da vida são passadas como se tivesse-mos carregado num botão replay >> , quanto mais velhos ficamos mais devagar se passam os dias, bons momentos são quase nulos, encontramos-nos sentados como se só "existisse-mos" e não "vivesse-mos" a observar a sociedade á nossa volta em movimento, através dela vemos o que fomos o que vivemos, damos conta daquilo em que nos tornamos. Num abrir e fechar de olhos  a sociedade transforma-se em simples visões do nosso passado em simples deja vus. Porque o que fomos já não voltamos a ser e o que nos resta não passa de memórias.

1 comentário: