18/10/16



Ás vezes penso, como poderei começar a escrever algo que, dentro da minha cabeça está um turbilhão?! Certo é que, escrever o que nos vem à cabeça faz bem e ajuda a organizar as ideias. De facto, bem que preciso. É difícil querer tudo certo, ou correto, pois nada nesta vida é completamente perfeito e temos de nos ajustar ás imperfeições ou desleixos da mesma. Para além disto torna-se difícil conduzir o "barco" quando uma parte está a querer que remes para o outro lado. Queres ir por ali mas quase que te obrigam a remar para acolá, e ou tu os expulsas do "barco" e os fazes nadarem sozinhos, ou pronto, saltas tu do "barco" e acabas por ter de dar tu aos braços. É difícil mas não impossível. E se calhar é o melhor a fazer ... 

He belongs me.

"Incondicionalmente e irreversivelmente apaixonada."

" O tempo deixa perguntas, mostra respostas, esclarece dúvidas, mas, acima de tudo, o tempo traz verdades."
VIBE

" Quando a gente ama é claro que a gente cuida."

Por mais cuidado que tenhamos iremos sempre magoar quem mais queremos ver bem e do nosso lado,

" Que seja infinito enquanto nos fizer bem."

22/04/15



Quem e observador consegue olha e ver e concluir possiveis episodios que possam sair da nossa imaginacao. Hoje olhei para uma senhora e vi-a , achei engracado o facto dw , par alem de ja ter uns bons anos em cima , ou seja, velha, estava sentada a fumar o seu cigarro e a jogar ou a fazer sabe se la o que no seu tablet, e engracado como as pessoas quando querem e tem interesse conseguem aprender e acompanhar as evolucoes do mundo. Dei por mim a sorrir para mim mesma e a pensar o quanto sou doida por pensar que quem e velho ja nao aprendre nada, mas se pensar mos bem, velhice significa sabedoria nao e ? Entao a senhora levantou se e olhou para o ecra da estacao onde estao as paragens e o destino dos comboios. Meio confusa pergunta me se vai para sete rios e eu de sorriso rasgado , por pensar que dali , do meu ver e da minha imaginacao iria sair um episodio enigmatico. Assim foi. Toda confusa, expliquei lhe que so o de alcantara e o de melecas e sintra e que passariam pela paragem destido da senhora. Visto que ela tinha metido na cabeca que so o de alcantara pararia la. Coicidencia ou nao do destido, acabou por vir comigo no comboio sentido melecas. Tudo o que acontece pode ter as suas coisidencias mas tambem tem os seus significados. Aprendi que todos aprendemos algo e que velhos ou novos todos os dias somos abertos a conhecer o novo. A viagem terminou com a mao da senhora velha em cima do meu joelho e com as palavras que me fizeram ganhar o dia:"obrigado, saude e muito obrigado pela atencao."