24/11/11

Preciso de arriscar. Mandar-me á vida e deixar as consequências de parte.

Sem comentários:

Enviar um comentário