02/02/15


-"Olha eu conheço uma rapariga muito muito querida, e que eu aprendi a escutar tudo o que ela me dizia (eram belas essas aulas de históriaxDD) e com ela aprendi tambem a encarar a vida de frente com um sorriso gigantesco...não importava o que se passava, sempre que falava com ela lá estava o sorriso e a alegria de viver...e se essa menina me diz que tomou determinada decisão e que  chegou ao limite é porque é verdade...e acredito que se ela fechar os olhos e se ouvir como eu a oiço então seguirá em frente e retomará com certeza esse maravilhoso sorriso xD" 


Obrigado Pedro :)

4 comentários:

  1. Obrigado eu, por fazeres parte da minha vida, por a enriqueceres e deixares-me pertencer à tua, que mais do que tudo é um grande prazer e uma dádiva...muito obrigado Viviana :)

    ResponderEliminar
  2. :) A vida é assim pedro, trata de deixar na vida de cada um aqueles que realmente precisamos. Podemos nao nos ver todos os dias (ou quase nunca lol) mas sabemos, pelo menos eu sei que estas lá sempre que precisar de uma ou duas palavras tuas, e acho que é isso que importa pedrocas... Como acima de tudo eu estou ca para ti, mesmo que raramente me procures... :)

    ResponderEliminar
  3. Desculpa, não te procurar mais vez, até por pensando bem... preciso, e preciso realmente... às vezes simplesmente desabafar, ouvir outra opinião, ter outra perspectiva...e não o faço, fecho me nos meus pensamentos e lá permaneço. Não sei o porquê!? Para não incomodar ou por egoismo de pensar que posso resolver as coisas sozinho... não sei realmente o porquê... simplesmente sei que actuo de forma errada... e até quase me esqueço o quão delicioso é o "jogo" que fazemos sempre dentro da nossa conversa. Não sei bem como isto começou mas nós nunca vamos directos ao assuntos, usamos metaforas e mais metaforas, embora saibamos o que o outro quer dizer...e eu adoro isso :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É realmente "delicioso" este nosso "jogo" metafórico. Também não me recordo quando começou mas sei com toda a certeza que quero , que este "jogo" continue durante muito tempo. Não te peço que desabafes comigo apenas que me procures quando não estas bem, um café, algumas metáforas, algumas anedotas.. Aquelas que só tu sabes contar, e que bom é recordar essas alturas. Tudo o que te faça sentir bem sem necessitares de desabar por palavras. Que o silêncio e a companhia se expressem por si. Não sou eu que te procuro se pensares bem... E sim tu ! Tu vens ao meu encontro quando estou menos bem e de alguma forma tocas no meu ponto franco com as tuas palavras "Como estas?" ou "Como tens estado" ou ainda "Está tudo bem?". Não te sei explicar mas de alguma forma isso "descose-me" e eu largo tudo o que me está a afligir. Incrível não é ? Como certas coisas são surpreendentes... :)

      Eliminar