14/04/15




         Haverá maneira de lidar com a tua ausência, eu é que ainda não descobri como se encara esta realidade. Fazes me tanta falta. Tenho tanta vontade de falar contigo uma ultima vez. E que todos os dias fosses últimos para puder falar contigo todos os dias. Para puder contar te todas as novidades e todos os meus progressos. Até de sentir o teu rosto eu sinto falta... De te ver e ouvir aquelas gargalhadas felizes, aquele som que era só teu e que eu era capaz de reconhecer até mesmo no outro lado do mundo, aquele riso que davas mesmo quando não estavas nos teus melhores dias.. Davas as porque estavas feliz, e eu sei que estavas. Tantas saudades de te ver subir o escadote mesmo quando não aparentavas forças, mas arranjavas as. E aquele creme de cenoura com os cutovelinhos ?? Até me cresce agua na boca so de imaginar! Resta estas lembranças e resta também a saudade que todos os dias parece aumentar... Incivel a presenca forte que tenho de ti na minha vida, não é para admirar.. Cresci contigo. Encontro lembranças de ti nas mais simples coisas do meu dia a dia.. Ver certos episódios e lembrar me de ti, como se fizesses parte deles.. E a verdade é que fizes te. Em cada passo meu tem uma mão tua. Já passou quase um ano e tu ainda estas tao presente na minha vida. Tenho aquela vontade de querer agarrar tudo o que me faca lembrar de ti , aproveitar qualquer momento que me remeta a ti so para me sentir mais proxima de ti. É dificil.... Mas onde estiveres sei que continuas presente pelo menos na minha vida, no meu dia a dia, a tomar conta de mim e a ajudar me a ultrapassar os problemas. Porque esta e a tua missão, foi e vai ser sempre.

Sem comentários:

Enviar um comentário